Posts Tagged 'Pele'

Dê um basta às acnes

Raros são aqueles que nunca sofreram de acnes. Quer acabar com elas? Mas antes, vamos saber, primeiro, o que é acne.

O que é acne?

Acne é uma inflamação da glândula sebácea. Devido ao excesso de produção de sebo, o folículo piloso se obstrui, acumulando sebo e, assim, formando um ambiente propício para o desenvolvimento de bactérias, que causam inflamação, dor e pus. Por isso que a acne é uma doença que aparece, com maior frequência, na adolescência, pois nessa fase, a explosão hormonal causa o aumento das glândulas sebáceas e, assim, há o aumento da oleosidade da pele.

Chocolate dá espinhas?

Não há indícios contundentes que relacionam a alimentação com o desenvolvimento de acnes. Isso varia de pessoa pra pessoa. O fato é que, se a pele não estiver excessivamente oleosa, ela não irá apresentar espinhas. Então, se você achar que a ingestão de certos alimentos possam influenciar a sua produção hormonal e, assim, aumentar a oleosidade da sua pele, é melhor evitar ingerí-los.

Tratamentos

Existem vários tratamentos para acne, desde os mais simples (e baratos) aos mais complexos (e caros). Tudo vai depender da gravidade da doença. Para a acne simples, ou seja, aparecem apenas algumas, existem pomadas e géis a base de peróxido de benzoíla, indicados para secar as espinhas, como o Acnase. Para a acne média, há pomadas antibióticas que matam as bactérias causadoras da espinha. Procedimentos como peelings superficiais e limpeza de pele podem melhorar o quadro, se a acne não for muito grave. Porém, se o problema não puder ser resolvido por nenhuma dessas medidas, então será necessário um tratamento mais complexo, por via oral. Um deles, e o mais severo, é o uso da isotretinoína, um remédio de uso continuado e controlado, que demanda cuidados especiais, como hemogramas periódicos e proteção extra contra os raios solares. O acompanhamento de um dermatologista é fundamental.

Prevenção

Vovó já dizia: “melhor prevenir do que remediar”. Por isso, siga os seguintes passos:

  1. Lave o rosto em água fria, de manhã e à noite, com um sabonete próprio para peles acneicas, como o Effaclar, da La Roche Posay. Não use o sabonete que você usa pra lavar o corpo, muito menos aqueles que contenham hidratantes.
  2. Esfoliar a pele de duas a três vezes por semana também ajuda a evitar espinhas e cravos.
  3. Depois de lavar e esfoliar o rosto, use uma loção adstringente, para limpar os poros e controlar a oleosidade.
  4. Use protetor solar com FPS de no mínimo 30, pelo menos duas vezes ao dia. Lembre-se que o protetor deve ser livre de óleo (não-comedogênico). Um exemplo é o Episol.
  5. Não tome banho com a água muito quente. A temperatura elevada estimula a glândula sebácea a produzir mais sebo.
  6. Engana-se quem acha que quanto mais se lavar o rosto, melhor. Retirar em excesso a oleosidade da pele faz com que as glândulas produzam ainda mais óleo, para compensar.
  7. Não esprema a espinha. Resista à tentação! Você corre o risco de piorar a inflamação, ou ainda fazer uma cicatriz permanente.

Com medidas simples e disciplinadas, é possível dar um fim às espinhas. Não espere não gastar muito dinheiro, na compra dos cosméticos e dos remédios certos. Mas o resultado vale a pena.